Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

13.12.18

O ingrediente secreto que pode estar a faltar no vosso treino

José Guimarães
 Nos meus treinos, isto é, nos meus próprios e nos que dou aos meus alunos, tenho que prestar atenção a duas coisas muito importantes. Por um lado, aos exercícios feitos em cada sessão. Por outro lado, às sessões propriamente ditas e à altura em que elas são feitas. Não é uma tarefa fácil. Principalmente porque, muitas vezes, vejo-me cair na tentação em que o mais fácil é fazer "aquela sessão que fiz no outro dia", a tal que me deixa a transpirar e tal e pronto... está (...)
13.12.18

Romeu Gouveia estreia-se na organização de provas, Ester Alves e Tiago Romão despedem-se da competições de 2018

José Guimarães
Foto: Pau StorchOs atletas da Salomon Suunto Portugal vão ter um fim de semana cheio de ação. Romeu Gouveia estreia-se na organização de provas, Ester Alves vai estrear os trilhos que o benjamim abriu, e Tiago Romão vai alinhar em mais uma prova do circuito nacional. Que o mais novo da equipa era um irrequieto, já todos sabíamos, mas que se ia aventurar tão cedo na organização de uma prova é que não estava (...)
24.11.18

Porque é que o "core" é tão importante para a corrida?

José Guimarães
Imagem: thoroughlyreviewed.comDe uma maneira ou de outra, creio que todos sabem que treinar o "core" é importante, tanto para corridas curtas, como para aguentar os esforços mais prolongados das ultra maratonas. No entanto, os treinos típicos de abdominais feitos à bruta (sessões intensas, com muitas repetições e recuperações curtas) contribuem pouco para correr melhor e dão-nos poucos dos (...)
10.11.18

A culpa foi do "puôbo"

José Guimarães
 Não ia preparado! Em jeitos de aviso, e para que ninguém se prendesse por minha causa, fui avisando desde cedo, bem antes da prova, que não ia preparado para correr a Maratona do Porto. Primeiro, fiz um plano de treinos, mas não o cumpri. A falta de tempo e as demasiadas coisas que tive para fazer - em dias que insistem só ter 24 horas - não me permitiram fazer mais do que um único treino longo de 30 km, umas (...)
30.10.18

Os meus super heróis: o (agora) maratonista Rui

José Guimarães
 Conheço o Rui já faz há algum tempo. Conheço-o desde "aquela barriguinha". A nossa amizade começou no grupo Corrida Noturna Parque das Nações e tem vindo a desenvolver-se, tendo eu hoje a oportunidade e o prazer de o treinar rumo ao que ele quiser fazer com a sua vida. E o que o Rui mais quer fazer é ser saudável, para ser feliz!O Rui é mais um dos exemplos de alguém que já foi (muito) sedentário e agora é maratonista. E não se vai ficar por aqui, costuma dize-me assim (...)
06.10.18

Para quem vai fazer o primeiro triatlo amanhã

José Guimarães
 Amanhã algumas pessoas que conheço (e outras que não conheço) vão participar pela primeira vez na vida num triatlo. Trata-se do My LX Triathlon Experience, promovido pela Federação de Triatlo de Portugal. A prova consiste num triatlo de distância super-sprint, ou seja, os triatletas vão ter que nadar 250m, pedalar 7km e correr 1,7km. Entre os leitores deste blog, surgiram algumas questões que se para uns podem parecer simples, para outros são coisas que ainda não (...)
10.09.18

Os meus super heróis: simplesmente... o Massuça

José Guimarães
  O Massuça (não sei porquê mas nunca o chamo de Zé... talvez por ser também o meu primeiro nome?) não fazia nada. Depois começou a fazer triatlo. Depois começou a fazer Ironmans. Como eu lhe percebo o chamamento dos desafios maiores... Mas parece que não gostou, porque um dia decidiu fazer não mais um Ironman, mas 5... de seguida. Porquê? Fica a minha tentativa de conhecer um pouco melhor um amigo já de alguma "longa" data. José (eu): Desculpa começar assim, mas se um (...)
03.09.18

Dormir melhor para correr melhor

José Guimarães
 Se todos sabemos que ter uma boa noite de sono é muito importante para a nossa saúde, tanto a física como mental, porque é que a maior parte de nós não dorme o suficiente? Dormir ajuda o nosso cérebro. Depois de uma boa noite de sono, conseguimos aprender mais facilmente, lidar mais facilmente com os assuntos do dia a dia, sentimo-nos menos stressados e menos deprimidos. Fisicamente, todas as pesquisas continuam a ligar a falta de sono a um maior risco de doenças cardíacas, (...)