Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Qua | 10.12.14

Treinos diferentes: escalada para correr melhor

José Guimarães
Já não é a primeira vez (nem a será com certeza a última) que aqui falo sobre treinos diferentes que me ajudem a correr melhor. Já falei de ginásio para reforço muscular, de ciclismo, da natação (juntem estes dois à corrida e temos o triatlo), até do cross fit. Não vos falei no entanto de um outro desporto que me apaixona e ao qual regressei (ainda que devagarinho) há uns dias: a escalada. Post relacionado: Tendências de exercícios para praticar em 2014 A convite do João Pena da Vertical Wall, na semana passada fui dar "uns toques" numa parede de escalada indoor. É certo que não fui escalar numa rocha no meio da natureza - e vocês sabem o quanto eu aprecio estar no meio da natureza. Mas é certo que estava a chover e, se não fosse indoor, nunca o poderia ter feito. Também é certo que não fui abrir vias, com as habituais carradas de equipamento às costas (o que - confesso - até me dá um certo gozo). Fui experimentar escalada do tipo boulder, ou seja, aquela em que só temos as nossas mãozinhas para nos agarramos à parede. E deste tipo de escalada não só não percebia nada, como até tinha um certo receio, confesso. Mas como a melhor forma de vencermos os nossos medos é enfrentá-los, aceitei o desafio do João e fui experimentar. De facto, escalar ao ar livre ou escalar dentro de quatro paredes não tem comparação possível (tirando o facto de estarmos a escalar, apreciar a natureza circundante do alto de uma rocha é qualquer coisa de fenomenal). No entanto, num ambiente controlado como o indoor torna-se possível experimentar, brincar, testar os nossos limites e evoluir gradualmente, tudo isto sem corrermos riscos desnecessários, nem estarmos condicionados pelo tempo ou por condições climatéricas adversas. Além disso, a fórmula certa para qualquer desporto que envolva um certo nível de risco deverá ser sempre procurar adquirir alguma experiência prévia, antes de nos lançarmos à aventura. E esta é, de facto, a melhor forma para aprender e adquirir técnica de escalada.

Mas escalar para correr melhor?

A escalada é um desporto que exige alguma preparação física. Por esta razão é perfeitamente normal que, quem venha a praticar esta modalidade, sinta em paralelo com a sua evolução técnica uma evolução também ao nível físico. Os braços são solicitados, mas também o são as pernas, as costas, o core, etc. O que é que isto tem a ver com a corrida? Tudo! Se defendo que, para corrermos melhor temos que ter uma boa preparação física geral (através de, por exemplo, treino funcional) é natural que esta preparação física também possa vir de um desporto completo e exigente como a escalada. Além disso, a percepção de movimento corporal, equilíbrio e ainda o reforço específico que a modalidade proporciona ao nível dos tornozelos (bom para evitar entorses), fará com que a corrida se torne - também ela - mais fluída e mais "leve". Se não acreditam no que vos digo, experimentem a escalada um dia destes e vejam como ficam aqueles músculos mais "adormecidos" do vosso corpo. E se precisarem de ajuda, aqui fica o contacto de quem vos poderá orientar: João Pena - Vertical Wall (localização) Tel: +351 92 682 8307 Email: geral@verticalwallescaladalisboa.com   verticalwall-escalada-desedentarioamaratonista_01 verticalwall-escalada-desedentarioamaratonista_03 verticalwall-escalada-desedentarioamaratonista_02 verticalwalllogo-escalada-desedentarioamaratonista