Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

11.10.11

O que levar para uma corrida

José Guimarães
A minha última corrida e as muitas provas que se aproximam no calendário, levaram-me a procurar este útil artigo sobre como preparar com antecedência o material necessário para uma corrida. Prepare a mochila no dia anterior e pense cuidadosamente sobre o que vai precisar. Fazê-lo no próprio dia é sempre um erro - o nervosismo pode levar a melhor e fazer com que se esqueça de algo. Siga a lista (mais abaixo) - pode não precisar de tudo o que consta nela, mas o essencial são os (...)
29.09.11

Técnicas de corrida: aquecimento

José Guimarães
Por muito ansioso que possa estar por sair e começar a correr, primeiro é importante aquecer devidamente. O aquecimento é um dos elementos mais cruciais de qualquer programa de exercício e um hábito que deve anteceder toda e qualquer corrida, quer esteja apenas a começar ou já corra há anos. Não se sinta tentado a saltar esta parte, ou mais tarde pode acabar por sofrer.  Se correr sem antes fazer um aquecimento, fará com que os seus músculos estejam frios, rígidos e tensos, (...)
27.09.11

Equipamento: vestuário e outros

José Guimarães
Assim que tiver um bom par de sapatilhas para correr (ver post anterior), deve pensar no vestuário e se precisa de investir noutras peças de equipamento.   Vestuário Quando corre, aquece naturalmente, portanto não vai querer roupa que o sobreaqueça. O melhor é usar várias camadas, o que vai mantê-lo quente e seco, mas permitir a facilidade dos (...)
27.09.11

Técnica para correr quando está vento forte!

José Guimarães
Se o vento não estiver a seu favor, não há muito com que se preocupar, nem deve forçar o seu estilo de corrida. No entanto, se inclinar ligeiramente o corpo para a frente, ganhará mais aerodinâmica. Mas se vai fazer uma corrida de ida e volta, deve começar contra o vento para que este o empurre no regresso, quando a fadiga for maior. Nesses dias deve dar pouca importância ao ritmo das passadas e preocupar-se mais com as pulsações e a sensação de esforço, já que o vento (...)