Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

23.11.15

Treinar de manhã ou à noite, qual a melhor opção?

José Guimarães
Perdoem-me pelo título deste post. É que, verdade seja dita, chegámos à época do ano em que há muito mais possibilidades de treinar à noite do que de dia, quer treinemos de manhã bem cedinho, ou ao final do dia, depois do trabalho. Independentemente de haver luz do sol ou não, é importante dizer que, no que toca à prática de exercício físico, não existe um certo ou errado, entre treinar de manhã ou ao final do dia. Cada altura do dia tem as suas vantagens e desvantagens (...)
02.04.14

Porque somos o que comemos

José Guimarães
Cancro!... mas também outras coisas como osteoporose, doenças endócrinas, metabólicas, autoimunes, degenerativas e alérgicas e sei lá que mais!!! Crê-se (e estudos comprovam esta opinião) que muitas das doenças e novas epidemias com que nos deparamos nos tempos modernos devem-se sobretudo aos maus estilos de vida e maus hábitos alimentares a que nos temos habituado nos últimos anos. Tal como sou defensor de um estilo de vida ativo (aliás, a existência deste blog trata disso (...)
29.09.11

Coma para correr!

José Guimarães
Como já não é a primeira vez que se aborda este assunto, decidi escrever aqui sobre o mesmo, agora que vamos iniciar aproximadamente 1 mês de sessões de treino mais exigentes, para estar preparado para a distância da próxima maratona! A hidratação e a alimentação serão essenciais para manter o seu corpo em óptimas condições. O importante não é apenas aguentar bem o treino, mas também conseguir manter a energia necessária para enfrentar o resto do dia sem se andar a arrastar.
27.09.11

Correr fortalece ou enfraquece o sistema imunológico?

José Guimarães
O nosso sistema imunológico fortalece-se com o desporto, mas tem de ser na medida certa e nunca em excesso. O sistema imunológico do nosso organismo pode alterar-se completamente quando entram em cena factores externos como a angústia, a privação contínua de sono, problemas amorosos ou profissionais, as dietas inadequadas (excesso de álcool, gorduras, anarquia nos horários das refeições, etc), o cansaço acumulado, a ansiedade e até mesmo a idade do atleta. Cada desporto (...)