Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

10.09.16

Em modo de regresso

José Guimarães
É difícil. Quando me escrevem a perguntar como voltar a treinar para regressar às corridas, depois de uma temporada sem correr, seja por causa de lesão ou por que razão for, compreendo, mas nem me apercebo da dificuldade que é. Acho que, na realidade, ninguém sabe o quanto custa, a não ser que se passe por isso. Hoje, ao fim de muitos meses sem correr (à excepção de raras vezes em que o fiz, algumas estupidamente a forçar a coisa), corri pela primeira vez meia hora sem dores. (...)
09.02.16

Como eu não acabei os Abutres, mas como os Abutres iam acabando comigo

José Guimarães
Na gaveta onde guardo o meu material de corrida há, entre outros acessórios, 2 mantas térmicas. Não há... havia. Deixei uma delas em Miranda do Corvo, nos Trilhos dos Abutres, no passado dia 30 de janeiro. Serviu para me manter quente no posto de vigia da serra da Lousã, a quase 1.000m de altitude, enquanto não chegava a boleia que me ia levar de regresso ao local de partida da prova. Pela segunda vez desde que (...)
13.06.15

Como manter a forma com uma perna lesionada

José Guimarães
Não sei quantos de vós poderão estar nesta situação, mas este artigo é para vocês, bem como para os que já passaram por isto. Estar a atravessar um período de boa forma e ter de parar de treinar por causa de uma lesão não é nada bom. Faz-nos sentir impotentes, pois não nos resta mais fazer do que estar parados. No meu caso, a lesão deve-se a um acidente, que nem teve nada a ver com corridas. Azares que acontecem e aos quais todos estamos expostos. Neste momento tenho a (...)
01.01.14

6 simples quilómetros

José Guimarães
Há coisas que só quem passa por elas sabe o que são e o que custam aturar. Como uma lesão. E, quem corre, o mais provável é já ter tido alguma. Quanto a mim, já faz mais de 3 mês que a lesão no calcanhar me acompanha e me impede de correr. Tirando as corridas diárias porque estou atrasado para alguma coisa e a prova La Ultima Frontera
09.09.13

3 notas mentais para recuperar eficazmente de uma lesão

José Guimarães
Ninguém gosta de pensar no assunto, mas as lesões (e outras mazelas) fazem parte do risco de se praticar desporto. Se há 2 semanas a minha irmã se viu a braços com uma valente queda de bicicleta, na semana passada foi a minha vez de ir provar o alcatrão e de passar a última semana parado. Se já se magoaram à séria alguma vez, conhecerão com certeza as diferentes etapas que se têm de ultrapassar no processo de recuperação, desde o momento em que nos magoamos, até estarmos (...)
24.08.13

De dentro e de fora: como é vista a rotina de quem faz desportos de resistência

José Guimarães
A rotina de um atleta de resistência é vista de formas diferentes por quem está “de dentro” e por quem está “de fora”. Adaptado de um site que um amigo me enviou (obrigado Luís, está mesmo fabuloso), ficam alguns dos nossos momentos e algumas visões do que fazemos. Momento 01: acordar às 4h da manhã numa terça-feira. Visão de dentro O atleta: “Não acredito que tenho que acordar agora. Estou morto! Parece que me deitei há 15min! Vou postar já um bom dia no Facebook, (...)
20.04.13

"A dificuldade vai-te tornar num atleta melhor"

José Guimarães
  Paciência. A maior parte dos atletas não tem paciência. E é minha opinião sincera que a maior parte desses atletas deviam adotar um estado de espírito em que a paciência fosse o fator dominante, o que lhes iria permitir regrar a maior parte das decisões que tomam sobre os treinos, como os analisam e como lidam com os obstáculos que, de vez em quando, lá aparecem pelo caminho. Falo aqui muitas vezes de
20.02.13

A importância de correr bem!

José Guimarães
Estava neste sábado a meio de uma subida na Serra de Sintra com uns amigos, subíamos a passo curto mas constante, conquistando pacientemente cada metro de desnível. Enquanto isso, trocava impressões com um amigo sobre a importância que tem o facto de fazermos treinos de qualidade. Quando digo treinos de qualidade, quero dizer fazer treinos de corrida (e não só) adequados ao objetivo que pretendemos atingir. No nosso caso, o objetivo - concluíamos - passa por correr melhor em montanha (t (...)
07.02.13

Pombos, Yoga e Cia

José Guimarães
  Nada como as experiências de vida para nos obrigarmos a apreciar o mundo com outros olhos. Adquirirmos novas perspetivas. Eu odiava pombos. Os pombos sujam tudo. E estão por toda a parte. Por duas vezes na minha vida estive no local e hora erradas aquando da passagem de um pombo. Eu odiava verdadeiramente pombos. Hoje gosto deles. Sorrio para eles. Até os cumprimento dizendo “olá pombos, bom dia, como estão?”. Há cerca de três meses lesionei-me. Uma lesão no
13.05.12

Quando é que devo fazer Cross-Trainning?

José Guimarães
A quantidade e o melhor momento para praticar "cross-training" dependerá muito de como nos estamos a sentir, tanto mentalmente como fisicamente. De uma forma geral: Se são corredores recreativos, podem complementar os 3 ou 4 dias de corrida com 2 ou 3 dias de cross-training. Se entram em competições com frequência e treinam entre 4 a 6 vezes por semana, podem substituir uma das actividades de cross-training de baixa intensidade por uma corrida leve. Se estão a braços com uma lesão