Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

07.06.17

7 sinais de "overtraining"

José Guimarães
No que diz respeito a hábitos saudáveis, a verdade é que, como tudo na vida, o que é demais pode tornar-se prejudicial. A fibra é boa, mas demasiada fibra é desaconselhada para um regime saudável. Dormir demasiado pode ser prejudicial para a saúde de algumas pessoas. E até a prática de exercício físico não foge a esta regra. De facto, trocar um descanso no sofá, por treinos consecutivos no ginásio (ou de corrida), pode ser uma forma de atingir um estado de desgaste (...)
01.08.14

Ter paciência nos treinos compensa no final

José Guimarães
Há uma tendência para pensar que tudo se resume a treinar o mais forte possível e o mais rápido possível. Mas nem sempre é assim. No vocabulário de um corredor, a paciência é uma palavra difícil de engolir. Quem corre, normalmente gosta de correr rápido, ou cada vez mais quilómetros e superar os nossos recordes anteriores. E isto o mais cedo possível. Eu também passei por toda esta ansiedade. Nunca ficava satisfeito com um treino que não me desse aquelas dorzinhas nos (...)
18.11.13

Descansar ou correr! Qual escolher?

José Guimarães
Este post pode parecer um bocado contraditório, uma vez que vem de alguém que nos últimos 2 meses pouco tem corrido. Tudo por causa de uma lesão no pé esquerdo, chamada fasceíte plantar. No entanto, não dá para ficar parado e a natação e a bicicleta continuam, tal como o ginásio e os exercícios de força muscular... que não podem mesmo parar! Até porque já se notam alguns desequilíbrios entre a perna esquerda e a perna direita, esta última já mais desenvolvida e com mais (...)
21.05.12

Algumas histórias no Ultra Trail de São Mamede

José Guimarães
Recordo-me de ler há uns tempos um artigo que falava de corridas longas, maratonas, ultra-maratonas e afins. Esse artigo dizia que, por mais preparação que se faça, é praticamente impossível de saber o desenrolar dos acontecimentos ao longo de uma prova desta natureza. E a prova deste fim de semana teve várias histórias. Teve a minha história, a história do Daniel, a do Luís, a do Eduardo, a da Ana, da Inês e do Vicente, a história do Pedro e a história de todos os outros que (...)
25.04.12

O que são as dores do dia seguinte?

José Guimarães
Quantos de nós já não sentimos dores no dia seguinte após uma longa caminhada, corrida ou quando fazemos um esforço para o qual não estávamos preparados? Dois ou três dias depois de uma caminhada, ou após uma ida ao ginásio em que experimentamos uma máquina ou uma aula nova, surgem dores musculares não imediatamente a seguir, mas um, dois e até três dias depois do esforço. Por outro lado, estas dores não são apenas únicas dos amadores. Aprecem também em atletas de alto (...)
29.09.11

Quanto tempo de treino é capaz de suportar o corpo?

José Guimarães
Eis seis conselhos para que nunca caia em excesso de treino (overtraining). Se se sente cansado ao ponto de pensar que o treino desse dia vai ser uma espécie de tortura, não saia. É preferível repousar em casa. O mesmo acontece se estiver maldisposto ou doente. Treinar só iria piorar. Como norma geral, pode dizer-se que, em cada quatro semanas, uma deve ser moderada, tanto a nível de quilómetros como de intensidade da corrida. Não é aconselhável aumentar o ritmo de treino (...)