Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

07.04.17

Ontem foi o Dia Mundial da Atividade Física... e não só!

José Guimarães
Confirma-se! Ontem foi o Dia Mundial da Atividade Física. Mas ontem foi também o dia do meu aniversário. Não posso deixar de achar uma certa piada que ambas as datas sejam celebradas no mesmo dia. Afinal de contas, as voltas que esta coisa da atividade física (ou exercício, desporto, chamem-lhe o que quiserem) veio dar à minha vida, foram todas num bom sentido. No melhor dos sentidos: o de estar mais em forma, quer por fora, quer por dentro, o de me sentir mais realizado, mais (...)
23.09.16

Mente forte, corrida forte!

José Guimarães
Nas últimas décadas, a psicologia do desporto tem passado a mensagem aos atletas que um pensamento focado é a melhor forma de atingir objetivos. Mas no que é que é suposto pensarmos? Novos estudos sugerem que alguns padrões de foco mental são efetivamente úteis, enquanto outros podem ser prejudiciais. E quanto mais táticas mentais praticamos, mais provável é que encontremos uma que funcione connosco, numa determinada situação de corrida. É frequente ouvirmos dizer para, (...)
25.05.16

Os benefícios da batata-doce para os desportistas

José Guimarães
Parece impossível que a maior parte das pessoas que pratica desporto ainda não olhe para uma batata doce como quem olha para uma barra energética. Se calhar pensam "hmmm, gosto tanto de batata doce frita, com aquele molho de maionese e alho por cima, hmmm!!!" - o que é perfeitamente natural. Mas quando comecei a correr, comecei também a olhar para os alimentos de uma forma mais saudável e depressa a batata doce surgiu no formato de comida a sério. Também comecei a perceber (...)
03.04.15

Bebo muita água. Serei um "aquaólico"?

José Guimarães
Sempre que posso bebo água. Aprendi ao longo do tempo que beber água faz bem ao organismoe até ajuda na concentração. Mas alguns peritos questionam esta realidade que, para mim, como provavelmente para muitos de vós é um dado adquirido. Alguns desses peritos sugerem mesmo que a quantidade recomendada de 2 litros de água por dia é demasiada e pode mesmo ser prejudicial. Então, afinal, qual é a quantidade de água que devemos beber diariamente?  Diz-se que beber entre 6 a 8 (...)
21.11.14

O início ou o fim das "fitness bands"?

José Guimarães
Há já algum tempo que tenho vindo a ficar impressionado com a quantidade de relógios e pulseiras lançados no mercado do fitness que, agora sem aquela cinta incómoda à volta do peito, conseguem controlar os nossos batimentos cardíacos (e não só) enquanto praticamos exercício. De facto é fantástica a quantidade de informação em tempo real (e adicionalmente em diferido) que conseguimos obter a partir de um aparelho que já passa os dias no nosso pulso, constantemente a medir (...)
28.10.14

A aveia na vida de um corredor

José Guimarães
Foto: Prozis.pt No mundo do desporto existem poucos produtos capazes de nos proporcionar aquilo que a aveia nos dá. A aveia é uma das melhores fontes de carbohidratos que conheço. É simples de usar, basta juntar-se a um iogurte e comer e pode-se transformar numa autêntica delícia quando cozida com água e/ou leite e decorada com uns cereais, fruta e canela.  Por todas estas e mais algumas razões, a aveia é um alimento muito prático e funcional para todos (...)
26.12.13

Como apresentar os filhos à corrida

José Guimarães
Nesta quadra natalícia e de final de ano é natural que os tanto pais como os filhos tenham mais tempo livre para estar na companhia uns dos outros. Ou porque os filhos estão de férias, ou porque os pais também aproveitam e tiram uns dias do trabalho. Seja como for, são dias sem as correrias habituais do dia-a-dia e que assim dão para aproveitar para fazer uns treinos mais descontraídos, feitos sem a pressão do tempo limitado. E se assim é, porque não aproveitar e incentivar (...)
09.09.13

3 notas mentais para recuperar eficazmente de uma lesão

José Guimarães
Ninguém gosta de pensar no assunto, mas as lesões (e outras mazelas) fazem parte do risco de se praticar desporto. Se há 2 semanas a minha irmã se viu a braços com uma valente queda de bicicleta, na semana passada foi a minha vez de ir provar o alcatrão e de passar a última semana parado. Se já se magoaram à séria alguma vez, conhecerão com certeza as diferentes etapas que se têm de ultrapassar no processo de recuperação, desde o momento em que nos magoamos, até estarmos (...)