Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

19.Jun.15

Que equipamento escolher para o LouzanTrail

O LouzanTrail é já amanhã e muitos de vocês vão provavelmente participar pela primeira vez numa prova de trail running. Mais ainda, vão correr pela primeira vez nos trilhos da serra da Lousã. E, para piorar a coisa, este fim de semana estão previstas temperaturas na ordem dos 36ºC. Muitos de vocês vão, portanto, correr pela primeira vez em condições que nunca enfrentaram antes: muito desnível, subidas e descidas acentuadas, muito desgaste físico, calor, calor e mais calor. A prova começa às 8:30 horas mas, com um tempo limite de 12 horas, prevê-se que a maior parte dos participantes tenha que enfrentar as horas de maior calor. Assim, há que levar equipamento adequado, tanto para enfrentar as condições climatéricas, como para enfrentar as características técnicas do percurso. Deixo-vos aqui algumas sugestões sobre que equipamento levar para o LouzanTrail, baseadas no que já experimentei e, garantidamente, não vos vai deixar mal.
 

Nos pés

Claro que tinha que começar pelo calçado. Podemos correr até descurar a tshirt que levamos vestida, mas se os sapatos de corrida não são adequados à prova que vamos fazer, muita coisa pode ficar comprometida. Os S-Lab Sense 4 Ultra SG são os sapatos ideais para a serra da Lousã. Além de leves e ultra confortáveis nos pés, têm uma tração incrível nos terrenos mais macios (daí a sigla SG - Soft Ground) e permitem a quem os calça correr como se os pés tivesse garras. E como na serra da Lousã é muito frequente molharmos os pés, também não dão grandes chatices se tiverem que atravessar cursos de água. Uma vez referi-me a eles como os sapatos perfeitos para a serra da Lousã. Vejam o post relacionado: Os sapatos que usei para correr nos Abutres Se tiverem uma passada que necessite de apoio adicional na arcada plantar e/ou preferirem um sapato mais robusto e "duro" (mas também mais pesado), talvez os XT 6 sejam uma melhor opção.

Na cabeça

Vai estar calor, portanto levem um boné. De preferência leve, arejado e que dê para ir molhando nas fontes e riachos. Sabe sempre bem refrescar a cabeça. Para situações em que possam estar mais expostos ao sol e sem hipótese de sombra, recomendo um como o XA+Cap II da Salomon, que tem uma aba para proteger o pescoço.

No corpo

Sabem que vai estar comprovadamente muito calor? Facilitem a transpiração. Nada melhor para isto que um top, do tipo tshirt sem mangas, como o S-Lab Sense Tank. Optem pelo mais leve possível, o mais transpirável possível e que seque rapidamente. No entanto, não se esqueçam que, por vezes, a montanha consegue ser imprevisível e, mesmo em situações de muito calor, um vento que muda repentinamente pode trazer nuvens inesperadas ou, juntamente com a transpiração, pode fazer baixar rapidamente a temperatura corporal. Para esses casos, optem por transportar um corta vento. O -Lab Light Jacket é a minha companhia indispensável em todas as provas longas. Mesmo em provas com sol, podem levá-lo sem ocupar muito espaço, já que completamente embrulhado cabe todo dentro de uma mão. Se não acreditam experimentem. Eu já o transportei num dos bolsos dos meus calções. E por falar em calções, aqui entra uma questão de gosto pessoal. Há quem goste de calções com efeito de compressão e há quem prefira calções simples, sem compressão. Para este tipo de provas em que estamos constantemente a correr e a saltar e a causar impacto negativo nos músculos, gosto de usar calções que minimizem este impacto, como os S-Lab EXO TwinSkin Short. A tecnologia EXO do calção interior deste modelo dá suporte aos músculos superiores da perna, permite uma elevada mobilidade e reduzir a fricção, enquanto que o calção exterior protege do vento, frio e chuva. Estes calções têm ainda uma cintura subida com bolsos elásticos, que permitem transportar saquetas de gel energético, barras e outras utilidades. Ah... e o corta vento!

Às costas

A mochila é um acessório imprescindível quando se fala de trail running, já que é aqui que transportamos o que comemos, o que bebemos e também o equipamento obrigatório e acessórios para a corrida. A mochila S-Lab Sense Ultra Set, lançada recentemente pela Salomon, fez as minhas delícias nos 85km do Estrela Grande Trail, no passado mês de maio. Apesar de "só" ter capacidade para 3 lts, tem espaço e elasticidade para levar todo o equipamento obrigatório para uma prova que, no meu caso, demorou quase 16 horas a concluir. Até calças impermeáveis eu levei. Além do espaço, a acessibilidade é excelente e dá para alcançar todos os cantos passíveis de se guardar qualquer coisa, sem parar de correr. Vem com o tradicional apito de emergência, o sistema de aperto mais simplificado e dois soft flask de 500ml, que parecem pequenos à primeira vista, mas que dão na sua totalidade para transportar 1 lt de líquido na frente da mochila. Posto isto lembrem-se: vão frescos, apostem na hidratação (isotónico, água e afins) e não se esqueçam que vão transpirar muito, portanto há que repor constantemente sódio e sais minerais. Boa prova!