Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

27.Set.11

Qual é o ritmo adequado para queimar gorduras?

A crença habitual é que o ritmo aeróbio, sem exagero é a melhor forma de queimar gorduras. No entanto, esta não é uma verdade absoluta. É verdade que a zona de consumo de gorduras abrange aproximadamente entre 50% a 70% do máximo de frequência cardíaca. Se treina a este nível de intensidade, que pode todavia considerar-se baixo, o corpo irá recorrer aos seus depósitos de gordura acumulada para gerar energia. Acima disso, o corpo pede hidratos, um combustível de maior qualidade, o necessário para suportar maior esforço, pelo que o lógico seria pensar que uma frequência cardíaca baixa servirá para perder peso. No entanto, também é verdade que ao aumentar o ritmo e a pulsação se consomem mais calorias, outro modo muito eficaz para emagrecer. O treino de baixa intensidade, não obstante, tem a vantagem de ganhar fôlego a custo das gorduras, mas há que ter em conta que o exercício de alta intensidade motivará o corpo a ser mais eficiente, aumentando o seu metabolismo e, a longo prazo, beneficiando de perda de peso. Há estudos que demonstram que no treino por intervalos (nos que correm em estágios de alta intensidade, intercalados com estágios de recuperação), o consumo de calorias mantém-se não só durante o treino como também durante o descanso posterior.   Fonte: Men's Health Coach