Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Sex | 22.08.14

Porque corremos nós e porque motivo correu o João 2.600 km?

José Guimarães
Foto: Artur Machado - Global Imagens
Quem não me conhece pessoalmente e "leva" de vez em quando com os meu posts (alguns mais recentes sobre coisas como o UTMB), provavelmente pensa que eu sou um verdadeiro "cromo" das corridas. Nada mais longe da verdade. Primeiro corro há pouco tempo. E corro porque gosto. Tudo bem que ajuda ser magricela, um facto que faz com que consiga correr naturalmente e com alguma fluidez. Mas não corro depressa. Como já disse, corro porque gosto... e porque me dá gozo, não só correr, mas principalmente manter-me ativo. E corro porque também gosto de fazer amigos, de reencontrar outros antigos (sim, a corrida trouxe-me de volta amigos que os zigue-zagues da vida tinham afastado), de confraternizar, de usufruir do que me rodeia e de saber que outros também o fazem da mesma forma. E, quanto a este blog, corro porque gosto de motivar os outros para correr e, assim, também eles se sentirem bem consigo próprios. Sim, a corrida é capaz de nos trazer amigos, mas também a nós próprios de volta. Quero concluir com isto que, mais do que correr, é particularmente importante termos uma noção do motivo porque o fazemos. Pode ser só para nos sentirmos melhor. E isto é tão válido como querer correr 10 km em meia hora! É importante ter objetivos para perseguir, não só nisto das corridas, como em tudo na vida. Esta manhã li no Jornal de Notícias uma notícia sobre o João Casal. Se o nome não vos diz nada, leiam a notícia e tentem perceber porque é que ele correu 2.600km em 53 dias, na Volta a Portugal Solidária. Mesmo que alguns dos seus objetivos tenham ficado aquém das expectativas, sei que o João Casal fez o seu melhor, enfrentando só ele sabe que dificuldades, num país que infelizmente ainda não presta muita atenção a gestos de valor como este. Sei que ele ajudou quem conseguiu, mas gostava de ter ajudado mais se conseguisse. Talvez tente novamente no futuro. Porque eu creio que sei porque é que o João Casal corre. E o que ele sente quando o faz. Por isso partilho convosco a notícia sobre esta epopeia. E vocês, já descobriram porque correm? Leiam a notícia:

Volta a Portugal Solidária reuniu quase 12 mil euros