Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

09.Abr.13

Os 10 mandamentos do trail runner principiante

  Agora todos os fins de semana há corridas. E são mais que muitas! Este fim de semana teve lugar a prova Trilhos do Almourol... entre outras. Mas foi exatamente aqui que há 1 ano atrás fiz algumas das melhores amizades no mundo das corridas e que perduram até hoje. Infelizmente este ano não participei... e o que custou ficar a vê-los correr. Mas aquelas horas no pavilhão do Entroncamento à espera da chegada dos participantes deu-me oportunidade para observar algumas coisas que não se vêem enquanto se corre e reparar também como são muitas as caras novas nestas andanças. E como se divertem! Os trilhos (trail running) atraem cada vez mais adeptos. E para que tudo corra sempre bem nestas aventuras, convém "respirar" algumas normas básicas. Não lhe chamarei normas, mas sim conselhos. São 10 conselhos que revelam o pensamento de base que um corredor de montanha deve ter e que, ditos por alguns dos melhores corredores do planeta, se tornam autênticos mandamentos. E vindos de quem vêm, se calhar é melhor prestar-lhes atenção: 1º Seguirás o teu instinto (Andy Symonds) “Aos principiantes, diria para seguirem os seus instintos e se perguntarem a si próprios porque querem correr em montanha. Quem sabe a resposta seja algo como 'procuro divertir-me, perder-me na natureza e libertar-me do mundo urbano'. Esse é o objetivo que todos os corredores de montanha deveriam procurar atingir”. 2º Amarás o terreno que pisas (Oihana Kortazar) “O mais importante é que gostem da montanha e que não comecem a fazer trail running só porque está na moda (...) Se tiverem oportunidade, caminhem muito na montanha antes de começar a correr. Assim que se sintam seguros, uma opção inteligente é iniciar com distâncias exequíveis e que se possam assumir (...) Se ainda se sentem novatos, experimentem durante uns tempos, vejam se gostam mesmo, se sabem desfrutar e se a dominam". 3º. Esperarás para competir (Iker Karrera) “Ainda que pareça óbvio, o que posso sugerir a um corredor que se inicia agora na corrida na montanha é para não pensar ao início nas provas nem nos resultados, mas sim em desfrutar. O importante aqui é ir fazendo quilómetros e conhecer-se a si próprio, tanto fisicamente como mentalmente (...) Se se pretender ir demasiado rápido, se se quer atalhar caminho, provavelmente irão perder-se. A competição vem depois". 4º. Irás em busca dos teus limites (Anna Frost) “Sê paciente mas constante, explora novas pistas, trilhos e lugares, descobre os teus limites. Tenta desfrutar sempre e partilha com outros o melhor do trail running. Quem sabe se não é esta a equação certa para se ser feliz correndo pela montanha”. 5º. Partilharás a montanha com os outros (Tom Owens) “Se és daqueles que se está a iniciar neste mundo, o melhor é, sempre que possível, correr com companhia. Partilhar experiências na montanha torna-se muito mais motivante". 6º. Passarás muito tempo na montanha (Emilie Forsberg) “Se queres começar a correr na montanha e converte-te num melhor corredor de trilhos, o melhor caminho é passar tempo neles. Quando era criança passava muitas horas ao ar livre, a brincar na natureza, em diferentes locais e tipos de terreno (...) Começa devagar, sem pressas, focando-te em cada passada, sentindo cada pé no impacto com o solo. Não penses em nada mais do que aquilo que estás a fazer, onde estás e como te sentes”. 7º. Respeitarás a montanha (Luis Alberto Hernando) “É importantíssimo que a pessoa que se inicia tenha muito respeito pela montanha. Tem que se ter em conta que muitas pessoas chamam montanhismo ao que nós chamamos correr na montanha e isto é perigoso. Devemo-nos conhecer bem, saber em que percursos nos metemos e os recursos que dispomos. E não se pode ir para a montanha com a mesma mentalidade com que se vai correr no parque (...) É imprescindível ter um bom companheiro e um telemóvel". 8º. Retirar-te-ás a tempo (Nuria Picas) “Correr com boas sensações, escutar o corpo e desfrutar da natureza sem ser obsessivo com o relógio, isto era o que diria logo a um principiante (...) Se decidimos competir, estamos a começar no mundo do trail running e nos faltam as forças, não há qualquer problema em nos retirarmos um pouco. Esta opção é a mais sábia, pois a montanha estará lá sempre para podermos voltar as vezes que queiramos". 9º. Serás paciente (Iván Ortiz) “Começar pouco a pouco e preferencialmente em distâncias curtas. Pouco a pouco ir aumentando os quilómetros e a dificuldade e não se tornar obsessivo por querer correr mais, mais rápido, e competir. Tudo chega se tiver que chegar e, afinal, as coisas caem pelo seu próprio peso. Não há que as forçar". 10º. Irás ler Corredordemontaña.com Porque foi neste website que encontrei esta informação, porque há 4 anos que eles acompanham a modalidade de trail running, porque também há 4 anos que escrevem artigos técnicos sobre diversos temas (treino, material, saúde) e que podem ajudar os corredores a conhecer-se melhor e a criar o seu próprio caminho em direção aos objetivos que se propõem. Vale a pena acompanhar.   Fonte: Corredordemontaña.com