Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

20.Mar.14

O homem que corre descalço

Fotografia: Marathonphoto cedida pelo entrevistado Durante a Meia Maratona de Lisboa, que decorreu no passado domingo, muitos de vós certamente viram um tipo de tronco nú, vestido somente com uma tanga de padrão leopardo, a correr descalço. É francês, mora em Portugal e dá pelo nome de Dustyfoot Sly. As suas fotos espalharam-se rapidamente pelas redes sociais e depressa esta coisa do correr descalço voltou a estar nas bocas do mundo. Ou pelo menos nas bocas daqueles que têm uma enorme curiosidade por esta tendência. Quero dizer que já corri descalço... na praia. Durante um ou dois treinos para a UMA - Ultra Maratona Melides Tróia e na própria prova, onde por cerca de 15 km pude experimentar a sensação de correr descalço. Como é? Sabe bem, muito bem! A percepção que temos do contacto dos pés com o chão, o trabalho muscular mais exigente, a leveza que temos de aplicar em cada passada, tudo parece trabalhar no sentido de voltarmos a ser o tal conjunto corpo/mente perfeitos. Será mesmo assim? Hoje vi no blog Correr na Cidade uma concisa e objetiva entrevista ao homem que já apelidam de "Tarzan voador". Retive principalmente a parte em que diz: "Antes de correr, há que desenvolver o pé com caminhadas. Progressividade é a palavra mais importante. Respeitar o corpo (...) Há que ter paciência, o que é um problema para muitos, e para mim também."... compreenderam? O mais minimalista que costumo calçar são os Skechers Go Bionic, que uso sempre no ginásio e só de vez em quando em corridas muito curtas. Tenho noção que haveria muito trabalho a fazer, no sentido de correr cada vez mais "descalço". Porque sinto que existe qualquer coisa de perfeccionista - algo que aqui o "pronador-mor" ainda está longe de ter - que me impele para correr cada vez mais próximo do "homem das cavernas", mas ainda estou para perceber se - de facto - esta é uma tendência que pretendo seguir, ou não.
"Há que ter paciência, o que é um problema para muitos, e para mim também."