Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Ter | 21.01.14

O bem que sabe correr

José Guimarães
Nestes últimos dias tem chovido a potes! Tem feito muito mau tempo. As ondas atingem alturas de dois dígitos, as praias desaparecem, as casas são destruídas e os carros arrastados. Quem me conhece sabe que trabalho na Pro Runner, uma loja de corrida no Parque das Nações que, além de vender equipamento, também tem um centro de treinos com cacifos e balneários para a malta vir correr aqui pelas redondezas. Uma tarde destas chega um grupo de amigos para correr. Como é hábito equipam-se, deixam as suas coisas nos cacifos e fazem-se à estrada. Mais de 1 hora depois reaparecem. Treino concluído. Ensopados até aos ossos. E uns sorrisos entre eles que não dá para descrever. Só quem passa por isso sabe o que sentiam. Aqui há uns tempos falava com a Inês sobre alguns dos momentos únicos que a corrida nos trouxe. E lembrei-me de um momento igual ao destes amigos, quando corria sozinho, ali na Estrada de Benfica, a caminho de Monsanto, já a noite se tinha estendido sobre Lisboa e uma chuva torrencial acompanhava uma trovoada ensurdecedora. E eu ensopado e a correr. Já ia naquele estado em que os pés fazem "CHLOP!!! CHLOP!!!" dentro dos ténis, mas ria-me e divertia-me com aquilo a cada passo. E a satisfação? Plena! É isto. O que é preciso mais? Na verdade tenho saudades desses momentos. Desses momentos únicos em que nos sentimos a fazer algo que provavelmente mais ninguém está a fazer da mesma forma que nós. Desde que a lesão no pé me impediu de correr que não tenho tido grandes hipóteses de correr. Enfim, enquanto não é possível fazem-se outras coisas, é certo. Para já tenho um objetivo bem definido e há que focar nas metas para o atingir: curar o pé e treinar... treinar para o objetivo e para as provas intermédias que vão aparecendo pelo meio. E enquanto não se corre muito, vamos tentando motivar aqueles que o podem fazer. Quanto a esses, que se levantem e corram sempre que possam! Porque por muito pouco que façam, sempre é mais do que se não fizerem nada. queridajulia-jose-sandra-brunoNa semana passada estive à conversa com o Cláudio Ramos e a Vanessa Oliveira no programa Querida Júlia, onde tive oportunidade de falar um pouco sobre o que foi isto de começar a correr e como qualquer pessoa o pode fazer. Obrigado pelo convite e pela simpatia e muito boa disposição dos apresentadores. E um muito bem hajam aos outros dois convidados do programa: o Bruno e a Sandra Claro, do Correr Lisboa, que no próximo dia 25 Janeiro vão organizar mais um treino solidário, este a favor da CERCI Lisboa. Porque não aproveitar este evento para começar a dar umas corridinhas de vez em quando? Vá lá, experimentem! Já diz um provérbio muito antigo que "até a maior das caminhadas começa sempre com um pequeno passo".