Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Sex | 05.06.15

Não atirem as garrafas, por favor!!!

José Guimarães
Hoje é o Dia Mundial do Ambiente. Mesmo quando não é, faz-me sempre muita confusão durante uma corrida ver atletas a atirar fora as garrafas de água. E com isto refiro-me aos que atiram as garrafas para todo o lado, menos para os caixotes do lixo. Não será muito mau atirar as garrafas para a berma, pronto. Mas já vi malta na Av. da Índia a atirar as garrafas para a linha do comboio. Outros, com mais apetência para o baseball, que conseguem mesmo fazer com que a garrafa passe para o lado de lá da linha (onde certamente a limpeza pós-prova não vai passar). Já vi também em plena serra de Sintra, autênticos energúmenos a atirar a inocente garrafinha para o meio do mato. Será que eles pensam que a organização da prova vai mesmo recuperar aquela garrafa? Creio que parte do problema se poderia resolver simplesmente abolindo as garrafas de água durante as provas. Sim, porque não abastecimentos nas provas de estrada como se vêem no trail running? Ou mesmo como na maior parte das maratonas lá fora, em que a água é dada em copos? Desta forma, além da "ração" estar limitada (poupem-me, mas ninguém a correr consegue beber uma garrafa de meio litro de água, na distância entre a bancada e o caixote do lixo), duvido que alguém consiga atirar um copo vazio a mais do que 2 ou 3 metros de distância. Sobre isto, estou a preparar um post que talvez sirva de solução... aguardem por favor. Mas enquanto a mania das garrafas de água nas provas não muda, talvez seja mais fácil ir mudando a mentalidade de quem corre. Da próxima vez que aceitarem uma garrafa de água numa corrida e vos apetecer atirá-la para todo o lado, menos para o caixote do lixo, lembrem-se deste pequeno vídeo e pensem duas vezes, sim? Esta é pelo Dia Mundial do Ambiente, por nós e por todos os outros que cá vão ficar quando nós já cá não estivermos...