Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Qua | 11.01.12

Faça você mesmo as alterações ao seu equipamento de corrida

José Guimarães
Decidi colocar aqui este post porque, em tempos de crise, acredito na técnica do "faça você mesmo". Deparei-me com um dilema: o meu camelbak, por muito confortável e bom que fosse, faltava-lhe uma zona de acesso rápido e imediato para guardar barrinhas ou saquetas de gel, de forma a ter energia imediata durante uma corrida/treino, sem parar (aqui está a principal dificuldade). O único local onde guardar as saquetas é nas bolsas que, depois da mochila às costas, ficam viradas para trás, impossibilitando o meu acesso sem, pelo menos, aplicar uma técnica parecida com a transição no triatlo, à qual eu chamei de "desaperta as correias - alcança a alça da mochila por cima da cabeça e - quando abrires a bolsa no topo, vê lá não percas muito tempo com a manobra - e vê lá não te caia mais nada ao chão"... bom, depende da situação, mas pode ser mais trabalhoso. Depois de uns testes e de observar outros modelos de mochilas de corrida, decidi que a melhor zona onde poderia ter acesso fácil às saquetas seria mesmo ao nível da cintura, possivelmente na correia que se aperta à volta da zona abdominal. Se bem o pensei, melhor o fiz: peguei num elástico e coloquei um de cada lado, cosido a uma parte da correia lateral da mochila, com uma cosedura no meio, por forma a criar duas secções. O resultado? Ganhei acesso exterior e imediato a 4 saquetas de gel, 2 de cada lado da mochila! Assim guardo mais "peças sobresselentes" nas bolsas, daquelas que se podem aceder num posto de controlo, por exemplo. Esta "obra de arte" foi feita no meu camelbak por pura necessidade, mas pode ser aproveitado por quem não quer gastar dinheiro num e só quer acrescentar alguma funcionalidade a uma vulgar mochila para caminhar/correr. Garanto-vos que foi mais fácil do que coser buracos nas meias... suporte_gel01  suporte_gel02  suporte_gel03

5 comentários

Comentar post