Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

27.Mar.13

Dicas de corrida para a Primavera

  Eu sei que está a chover. Mas a Primavera já começou, certo? As temperaturas mínimas já não são geladas, o sol quando aparece já aquece e, afinal, esta é a época alusiva a despertar, a renascer... no nosso caso a sair para a rua! Para os que apostam no ginásio e nas passadeiras durante os dias de Inverno, está na hora de aproveitar. Os dias até já estão a ficar maiores! Mas enquanto as temperaturas cada vez mais amenas chamam por nós, convém não esquecer algumas dicas importantes para correr (exato) na Primavera:

O clima pode ser bastante imprevisível

Lá diz o ditado: "Em Abri, águas mil." Vistam-se com camadas que possam remover ou vestir enquanto fazem o vosso treino. Evitem usar algodão e invistam em materiais sintéticos, capazes de eliminar a transpiração, por forma a se manterem secos e quentes. E cuidado com a chuva!

Cuidado com o piso

Treinar em superfícies mais macias, como gravilha ou relva, pode ser ótimo para minimizar o impacto da corrida nas pernas. No entanto, tenham cuidado redobrado durante esta época de chuvas. Para evitar escorregar e torcerem um tornozelo, prefiram superfícies mais secas ou com maior atrito.

Não deitem fora os ténis velhos

Se são daqueles que gostam de calçar um par de ténis novos para ganhar uma motivação extra (eu gosto!), esperem mais um bocadinho antes de se separarem de vez dos ténis velhos. Esperar que um par de ténis seque para podermos ir correr pode ser penoso nesta época carregada de humidade. Desde que os ténis velhos tenham ainda um pouco de vida útil, porque não mantê-los para aquelas corridinhas em dias de chuva? Normalmente os ténis de corrida devem ser substituídos após cerca de 500 km e não devemos sacrificar nem o conforto nem a segurança. Mas se os ténis ainda tiverem algum suporte e rasto na sola, porque não dar-lhes aqui uma "festa de despedida"?

Respeitem o vosso tempo de adaptação

Correr numa passadeira pode ser mais fácil do que correr na rua à chuva, ao frio e subir encostas inclinadas. Adaptem-se gradualmente, mantendo um ritmo constante e ajustado a um nível de dificuldade aceitável. Não se preocupem se verificarem que o vosso ritmo diminuiu um pouco desde a época passada. Mantenham um registo dos vossos progressos, pois desta forma poderão auto-motivar-se facilmente. Eu usei muito o Runkeeper inicialmente, mas há tantas aplicações no mercado que o difícil não será correr, mas escolher qual delas a mais adequada para nos fazer companhia.

Divirtam-se!

Quem me conhece sabe que não me canso de dizer isto. O objetivo de correr é o de nos mantermos saudáveis e em boa forma física. Ter mais energia ao longo do dia, ver um reflexo agradável no espelho e bater recordes de tempo pode ser muito motivador. Mas se são daquele tipo de corredor que vêm isto mais como uma tarefa do que como um desejo, porque não experimentam mudar um pouco essa abordagem? Se estão aborrecidos, encontrem um percurso novo para treinar, alterem o horário de corrida do final do dia para o nascer do sol, conduzam até um local diferente e mudem de cenário... vão correr para uma praia! Às vezes é o melhor incentivo que podemos ter, para passar do "tenho que fazer" para um "quero fazer!" Têm mais dicas? Pois venham elas!!!