Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Seg | 31.10.11

Correr (rápido) no Jamor

José Guimarães
Foi realmente o que se pode chamar uma prova rápida! Creio que demorámos mais tempo com o aquecimento e o rolamento no final da prova, do que na prova propriamente dita... Chegámos ao Jamor bem cedo, pelas 9:00 horas, bem a tempo de ir deixar o saco nos balneários, encontrar amizades (e fazer novas), recolher alguns dorsais em falta e darmos uma volta pelo local da partida... ver as vistas! Bem a tempo também para respirar o ar fresquinho e puro do Estádio Nacional, que o sol do final de Outubro já aquecia, um pouco em demasia para esta altura do ano. Bem presente estava a equipa do Garmin Oeiras, com muitos dos seus atletas já a postos e aquecidos, para o que se anunciava ser uma prova muito interessante e bem disputada. No local encontrámos algumas caras conhecidas de outros eventos e que, agora cada vez mais regularmente, vamos encontrando e saudando com um sentido de comunhão e amizade gratuita que se sente ser apanágio destas provas. Vamos experimentando e vamos gostando, cada vez mais! Chegadas as 10:30 horas, com todos no local de partida, ansiosos e à espera da "ordem" de largada, misturavam-se "beeps" de cronómetros com gargalhadas entre os participantes. Pela primeira vez fiquei quase na linha da frente para a partida, o que se revelou muuuito interessante logo nos primeiros momentos depois da largada! Como eu disse ao início, foi uma prova muito rápida, sentida logo desde os primeiros instantes. Para isso contribuiu os primeiros minutos serem feitos sempre a descer, seguidos de uma pista de terra batida lisa e muito rápida. Só depois dos 2,5 kms começámos a apanhar mato... Entre subidas e descidas, o percurso desta 2ª edição do Corre Jamor revelou-se muito equilibrado e rápido, dando para gerir muito bem o esforço entre os momentos da corrida mais puxados e os mais leves. Depois do abastecimento de água, mesmo a tempo de molhar a garganta que já secava à volta dos 5 kms, veio a parte mais bonita desta prova, que incluía duas descidas muito interessantes e rápidas, antes de sairmos do meio das árvores na aproximação ao final. Este final também é no mínimo motivador, já que inclui uma volta à pista do Estádio Nacional... juro que me fez lembrar a volta de honra no final da Maratona de Munique, rápida, muito rápida (com muitas ultrapassagens incluídas no menu)!!! O resultado final? Fui 18º do meu escalão, 77º da geral, com 40:35 minutos de satisfação estampados no rosto e muitos abraços de parabéns no final a todos os amigos, no meio de promessas sinceras de novos encontros em provas que, com certeza, irão trazer novos desafios! (ver diploma de participação)