Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

30.Set.12

Correr é bom... porque sim!

Cada um sabe porque razão corre. Uns correm para perder peso, outros para manter a forma física, outros ainda para conquistar metas e objetivos. Eu sei porque corro: por isto tudo e algo mais! Um dia meti-me a experimentar a passada em ritmo mais acelerado e ainda hoje cá continuo. E espero continuar por muitos mais anos, como alguns (bons) exemplos de longevidade que conheço neste mundo da corrida. No fundo, correr proporciona-me não só bons momentos com os outros mas, principalmente, comigo próprio. Tal como aconteceu no dia de hoje.

O treino da manhã na Serra de Sintra

Há alguns meses (sim, meses) que não ia correr para a Serra de Sintra. Hoje, a uma semana do Grande Trail da Serra d'Arga (fará no dia 7 de Outubro 1 ano que experimentei lá pela primeira vez a sensação de correr fora de estrada) e depois de cerca de 1 mês e meio a treinar com o António Nascimento e a Meire da Hand2Hand, achei por bem ir sujar os conservadinhos Raptor e voltar a experimentar as subidas e descidas da serra. Fui experimentar parte do percurso que fizemos no Mega Free Trail Running da Serra de Sintra, em Abril, colei-me a alguma malta do BTT que por lá andava e a uns trilhos novos que por lá apareceram marcados de fresco. Fui experimentar e divertir-me, porque é assim que gosto de praticar este desporto. Fui assistir ao nascer do sol (antes assisti ao pôr de uma das luas mais magníficas que já tive oportunidade de ver por aquelas paragens), descobrir "fotografias" novas e locais diferentes, alguns como que tirados de um filme. Porque a sensação que procuro é mesmo essa: a de me sentir novo não só por fora, mas principalmente por dentro! É esta a minha motivação. Ver fotos do Treino da manhã na Serra de Sintra (Facebook)

Apoiar a Meia Maratona Vasco da Gama

Bater palmas, bater muitas palmas. Depois de um treino de aproximadamente 30 km na Serra de Sintra, ainda cheguei a Lisboa a tempo de agarrar na Inês e de irmos até Sta. Apolónia bater palmas e gritar "FORÇA!!!" aos atletas da Meia Maratona da Vasco da Gama. E se por um lado a minha motivação para praticar exercício e correr tem a ver com o estar no meio da natureza, a "tal" comunhão, a maior parte das vezes praticada sozinho, também tem muito a ver com acompanhar e me fazer acompanhar das pessoas que me fazem sentir bem neste meio. E são quase todas! Conhecidos mas também desconhecidos. Porque não eram só os conhecidos que à passagem pelo ponto onde estávamos nos agradeciam. Também os desconhecidos nos brindavam com um obrigado, um sorriso, um comentário bem humorado, apesar do cansaço naquela fase quase final do percurso. Aproveito para agradecer ao senhor que passou por mim e me gritou "SOU FÃ!!!" Não sei quem era, mas se está a ler isto diga-me quem é! Isto é muita energia positiva. De nós, espetadores, para eles, atletas, mas também deles para nós. É bonita a sensação. E revigorante! E que vontade dava de os acompanhar a todos até ao fim. Lá está, o vício...

E por falar no vício de correr...

E por falar em vício, os media deste fim de semana focaram toda a sua atenção na corrida, no prazer de correr e de adoptar esta postura ativa na vida do dia-a-dia, praticando exercício físico. Do Expresso ao Diário de Notícias - Notícias Magazine (sei lá se em mais meios), todos são peremptórios: correr é bom, é viciante e há cada vez mais gente a fazê-lo. Tal como referi ao início, a razão pela qual o fazem é de cada um. Mas é inegável e aditiva a energia com que nos sentimos depois de experimentar correr. Mesmo que seja pela primeira vez. Eu tive a honra de poder partilhar o meu recente percurso através da entrevista dada ao Notícias Magazine, porque para mim faz sentido partilhá-lo. Porque um dia encontrei algo que gosto de fazer; depois aprendi a fazê-lo melhor; finalmente, para que todos possam saber o bom que é e o bem que faz, partilho-o sempre que posso. Esta partilha é o meu encontrado sentido da vida. Encontro-a no que faço e encontro-a também nos outros e nas histórias que se ouvem, que me contam, que se partilham. É contagiante! Faz-me querer encontrar cada vez mais novos horizontes para mim mesmo e para todas as coisas que gosto de fazer.

E com vocês, como foi?

O que é que cada um de vocês ganhou com a corrida e como é que isso ajudou de alguma forma a melhorar o vosso estilo de vida? Convido-vos a todos a comentar este post e a partilhar as vossas experiências, para que outros também se possam sentir motivados convosco e experimentar calçar os ténis... e quem sabe não mais parar.

4 comentários

Comentar post