Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Qui | 09.08.12

As melhores raças de cães para correr

José Guimarães
Estão aí as férias e com elas as temporadas fora de casa. Infelizmente, muita gente vê nos seus animais de estimação algum tipo de empecilho que os impede de gozar o merecido descanso sem qualquer tipo de stress ou obrigação, decidindo-se tão simplesmente pelo abandono dos seus cães ou gatos à sua própria sorte. Todos os anos são abandonados cerca de 10 mil animais de estimação em Portugal, estimando-se que o número de bichos sem dono já ultrapasse o meio milhão. Se o intuito de ter um animal de estimação é abandoná-lo mais tarde, não seria preferível nunca o ter adoptado? Se algumas pessoas olhassem, por exemplo, para o seu cão, não como um entrave mas como uma oportunidade para ter algo melhor, quem sabe esta realidade não seria mais simpática?

Como tornar o seu cão no seu parceiro de corridas?

Se está à procura de um parceiro de treinos em excelente forma física, que tem muita energia para queimar e está sempre bem disposto, não procure mais: encontre-o no seu amigo de quatro patas. "A maior parte dos cães é capaz de correr ao seu lado", afirma Eduarda Pires, do blog DogSports. "Mas tal como um ser humano, também um cão precisa de treino adequado, para trabalhar tanto os músculos como a tolerância". Enquanto as raças com um focinho mais curto (como os Boston Terriers, Puugs e Bulldogs) devem evitar exercícios longos, devido às dificuldades de respiração e sobre-aquecimento, a maior parte dos outros adoram correr - apesar de alguns o fazerem melhor em certos tipos de terrenos do que outros. Quer você esteja à procura de um parceiro para longas distâncias, um parceiro para os trails ou um corredor rápido que force o ritmo, aqui ficam 15 cães que poderão ir ao encontro das suas necessidades

Cães de longa distância

Se é aquele tipo de corredor que gosta de contabilizar quilómetros, estas raças têm a estrutura, velocidade e resistência certas para aguentar longas distâncias ao seu lado. Certifique-se somente que leva água suficiente para ambos, bem como um pequeno prato para que o cão possa beber facilmente. O fundo de uma garrafa de plástico de 1,5 Lt servirá perfeitamente.

GermanShepherdPastor Alemão

Criado originalmente para cuidar de ovelhas nos pastos, estes saudáveis cães nasceram literalmente para correr. Com pernas fortes e uma estrutura muscular, os Pastores Alemães conseguem aguentar uma passada rápida durante muito tempo. Activos naturalmente, estão sempre prontos para o exercício, apesar da sua pelagem densa os tornar mais aptos para corridas em tempo frio. A sua passada é difícil de acompanhar, suave e com ritmo e podem facilmente cobrir longos quilómetros, tornando-os grandes companheiros para corridas de 15 km ou mais.

SiberianHuskySiberian Husky

Todos os anos, centenas de Huskies terminam a dura corrida de trenó de mais de 1.900 km no território do Alaska, portanto é seguro afirmar que estes cães conseguem aguentar qualquer corrida em cenário suburbano. Obviamente, estes cães comportam-se muito bem no frio, mas os animais mais aclimatados também não se dão mal em climas mais temperados (embora aqui é muito importante mantê-los muito bem hidratados e dar-lhes descanso). Talvez a melhor parte num Husky será tê-lo como cão de companhia para correr naqueles momentos miseráveis de inverno, com tempo frio e agreste e que todos os seres humanos detestam. Considerem também os Malamutes, de aparência semelhante ao Husky e aptos para corridas longas e mais frias.

AustralianShepherdPastor Australiano

Mais um cão com pedigree, o Pastor Australiano é ágil e torna qualquer corrida uma brincadeira aparentemente sem esforço. Requerendo 2 a 3 horas de exercício físico por dia, são do tipo que nos leva a ir correr até naqueles dias em que nos arrastamos. Mais ainda, estes cães são amigos das pessoas, devotos aos seus donos e uma das raças mais fáceis de treinar. Considere também o Shetland Sheepdog. Parecido com a Lassie, são rápidos e adoram perder-se em espaços amplos.

GoldenRetrieverGolden Retriever

Tida como uma das raças mais obedientes, os Golden Retrivers adoram agradar e ficam contentes só em permanecer ao nosso lado durante uma corrida, em vez de andar a perseguir tudo o que se mexa - uma boa atitude, no caso do percurso de corrida estar cheio de gente, carros ou outros animais. As suas pernas potentes permitem-lhes acompanhar facilmente o nosso passo e têm mesmo resistência para corridas mais longas. Um bónus adicional: estes cães são tão bonitos e amistosos que nos conseguem fazer sorrir mesmo naqueles quilómetros finais mais difíceis.

RhodesianRidgebackRhodesian Ridgeback

Originários da África do Sul, foram criados para caçar ou perseguir leões até que os caçadores os pudessem capturar. A sua passada é eficiente e comprida e o seu pelo curto permite-lhe aguentar bem o calor desta época, melhor que a maior parte das outras raças. Apesar dos seus antecedentes mais rudes, esta raça é tão forte quanto doce e pode tanto pedir-lhe umas festas no sofá como um grande momento de corrida a dois. Também não necessitam de muita escovagem.

GermanShorthairedPointerGerman Shorthaired Pointer

Estes cães parecem-se mesmo com corredores. Corpo recto, membros poderosos e esguios e a mesma percentagem de gordura que um maratonista. E têm resistência para para pelo menos 1 hora de exercício diário. Se necessita de um parceiro de corridas que seja consistente, esta é a raça para si. Esta raça também aguenta bem o calor, melhor que as raças com pelo mais comprido.  

Cães todo-o-terreno ideais para o Trail Running

Se é adepto das corridas fora de estrada, estes cães serão os seus parceiros perfeitos. No entanto, se não forem treinados para ignorar a vida selvagem, mantenha-os presos com uma trela. A não ser que queira correr mais rápido, cada vez que o seu cão encontrar um esquilo no caminho.

WeimaranerWeimaraner

Esta raça tem pernas longas, esguias e cheias de energia. Raça originalmente criada na Alemanha para caça grossa, estas beldades cinzentas têm uma grande capacidade pulmonar e adaptam-se bem à vida no campo e percursos fora de estrada. Também gostam e sabem apreciar corridas em grandes distâncias. De facto, esta raça não se dá bem na limitação de um apartamento. Se o deixar muito tempo confinado, corre o risco de o deixar inquieto e deste lhe roer os seus ténis de corrida sem você dar por isso. Que tal como motivação?

VizslaVizsla

Estes cães vêm de uma linhagem húngara e foram criados como caçadores, incluindo busca de aves. Têm muita velocidade e agilidade para se adaptarem a qualquer tipo de terreno. Os Vizla são óptimos em rochas, raízes ou qualquer outro tipo de obstáculos que se encontrem no caminho, incluindo cercas. Esta raça requer muito exercício vigoroso e podem mesmo ultrapassá-lo numa corrida.

BrittanyBrittany

Originalmente chamados de Brittany Spaniel, esta raça foi criada para apontar e buscar aves na caça, em diferentes tipos de terreno, fazendo deles suficientemente fortes e adaptados para lidar com acidentes de percurso inesperados. Requerem exercício como rotina, pelo menos 1 hora por dia. Considere também o English Springer Spaniel.

BorderCollieBorder Collie

Considerados como pastores por excelência, estes cães são óptimos a mudar de velocidade e direcção de forma imediata. Criados como cães de trabalho, necessitam de um desafio diário para se manterem felizes. Dão-se bem num trilho, mas o seu pedigree tornam-nos perfeitos para corridas em campo aberto, portanto uma corrida na praia à beira mar será o que os irá deixar felizes e tranquilos. Também gostam de mergulhar na água depios do exercício.  

Amigos de patas rápidas!

Em corridas mais curtas e rápidas, estes caninos do sprint vão com certeza ajudá-lo a manter a passada. Se estiver a correr na estrada, lembre-se que o sol do verão pode aquecer em demasia o asfalto e queimar as patas do seu cão. Se não conseguir suportar o asfalto descalço, o cão também não vai conseguir. Provavelmente o seu cão também precisará de alguns dias para se habituar à superfície em que corre, portanto comece devagar. Verifique sempre se há sinais de fadiga ou feridas nas patas.

LabradorRetrieverLabrador Retriever

Tal como o nome indica, o Labrador adora retribuir. Foram originalmente criados para recuperar as redes dos pescadores na Terra Nova. Mesmo não sendo os melhores companheiros para corridas de longa distância, são óptimos para esticar a passada numa corrida de contra-relógio. Isto não significa que não possam ser treinados para o acompanhar em alguma maratona ou distâncias similares. Com a habilidade nata de conseguirem passar um dia inteiro a caçar em qualquer condição, podem certamente desenvolver essa resistência.

JackRussellTerrierJack Russell Terrier

Podem ser pequenos, mas estes cães armazenam uma enorme carga de potência nas suas pequenas patas. Normalmente os cães médios são os melhores para correr, mas o Jack Russel Terrier é a excepção. Estes requerem mais actividade que a maior parte das raças pequenas. Mas podem ser agressivos com outros cães e requerem muita atenção, disciplina e paciência dos seus donos. Considere uma boa escola ou treinador e muita firmeza da sua parte.

AmericanStaffordshireTerrierAmerican Staffordshire Terrier

Audaz, inteligente e destemido. Esta raça é tudo isto e mais: rápida! Corpulentos mas graciosos quando em acção, estes cães estão mais aptos a corridas abaixo dos 10 km, mas conseguem mudar de velocidade facilmente, tornado-os perfeitos para treinos intervalados. E ainda para mais, são focados e pouco dados a perseguir um pássaro ou outro animal durante uma corrida.

AiredaleTerrierAiredale Terrier

Este Terries de patas compridas trabalhou durante a I Guerra Mundial como guarda e cão mensageiro e foi o primeiro a ser treinado para trabalhar na polícia Alemã e Inglesa. Hoje em dia são populares como animais de estimação, entusiastas, engraçados e adoram correr e a sua pelagem mantém-nos frescos mesmo com tempo mais quente. Mantenha a sua distância de corrida abaixo dos 10 km e terá um companheiro satisfeito.

ChesapeakeBayRetrieverChesapeake Bay Retriever

Criado nas margens da baía Chesapeake, estes cães estão miuto confortáveis com a água e sentir-se-ão bem numa corrida à beira mar. No entanto, será necessário algum treino para os manter sempre a seu lado. Brincalhões, alegres e muito afectivos, requerem também pouca manutenção graças à sua pelagem curta e brilhante. Fonte: http://www.livestrong.com