Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

03.Nov.14

A uma maratonista especial

A última maratona que fiz foi a de Lisboa. Depois da primeira em que participei ter sido lá fora, em Munique, no meu entender fazia sentido que a segunda fosse em Portugal, passando pelos sítios onde comecei a correr, onde me "matei" a treinar, onde obtive as minhas primeiras conquistas neste mundo das corridas. Participei, gostei da experiência e fiquei satisfeito com o meu tempo, apesar das mazelas terem demorado mais de 1 semana a passar. Agora é tempo de descanso. Este domingo que passou aconteceram várias maratonas, por esse mundo fora. Correu-se a Maratona de New York, onde a atleta portuguesa Sara Moreira conquistou um brilhante 3º lugar, apenas a 52 segundos de diferença da vencedora. Mas também se correu, por exemplo, a Maratona do Porto. Eu não corri nada. Aliás, passei um domingo como há muito não passava: sedentário. Acho que até ganhei uma dor nas costas. Correram na Maratona do Porto mais de 4.000 pessoas. Destas, não sei quantas chegaram ao fim. Mas, entre todas, sei que uma delas atingiu o seu objetivo: a minha irmã! Lembro-me que foi com a minha irmã que partilhei algumas das minhas primeiras corridas. Talvez as mais importantes. Recordo (e publico aqui a foto, de Janeiro de 2011, no topo deste post) que, tal e qual como a primeira vez que experimentei correr, numa dessas primeiras vezes estava a chover. Foi com ela que corri de um lado ao outro da praia de Carcavelos. Foi com ela que - uns dias mais tarde - consegui correr até ao conhecido "rabo da baleia", perto da Marina de Oeiras. Lembras-te como aquele suor nos picava nos poros da pele e nos causava comichão?... insuportável! Foi com ela que ultrapassei isso tudo. E foi com ela que chorei depois de ter concluído a minha primeira maratona. Ela sabe porquê...[caption id="attachment_5325" align="alignright" width="150"]maratonademunique-desedentarioamaratonista Maratona de Munique[/caption] Ontem foi a vez dela conquistar a sua primeira distância rainha. Sei que foi duro. Mas estava tranquilo porque também sei que ia bem acompanhada. Não estive lá para celebrar com ela no final, mas estive lá muitas vezes ao longo da prova. Espero que tenhas sentido. Não sei quantas pessoas concluíram no domingo a sua primeira maratona. A todas elas os meus parabéns. Mas a esta maratonista em particular eu dedico este pequenino post. Não foi um percurso fácil, nem curto, mas mereceste-o! Entraste por mérito próprio no clube dos maratonistas! Sê bem vinda :)