Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Ter | 28.10.14

A aveia na vida de um corredor

José Guimarães

prozis-aveia_desedentarioamaratonista.png

Foto: Prozis.pt

 

No mundo do desporto existem poucos produtos capazes de nos proporcionar aquilo que a aveia nos dá. A aveia é uma das melhores fontes de carbohidratos que conheço. É simples de usar, basta juntar-se a um iogurte e comer e pode-se transformar numa autêntica delícia quando cozida com água e/ou leite e decorada com uns cereais, fruta e canela. 

 

Por todas estas e mais algumas razões, a aveia é um alimento muito prático e funcional para todos os praticantes de desporto que necessitam de um lanche carregado de energia.

 

Pessoalmente gosto de comer aveia de manhã ou a meio da tarde. Também é uma escolha frequente antes de um treino (com alguma antecedência), pois é uma excelente fonte de carbohidratos de baixo índice glicémico (IG). O que quer isto dizer? Quer dizer que, ao contrário de uns cereais normais, que regra geral vêm carregados de açúcar, a aveia liberta os carbohidratos de forma lenta e gradual, proporcionando energia de uma forma mais sustentada. Outros alimentos de IG mais elevado geram picos de glicémia, ou seja, níveis de energia elevados, mas seguidos de quebras repentinas. O problema é que, muitas vezes, não é prático andar com aveia e um iogurte atrás durante o dia, à espera do momento da fome, ou da hora adequada antes de um treino. Mas já há no mercado fontes interessantes deste carbohidrato, até em pó, finamente triturada, que se pode meter num shaker, misturar com água (ou outra bebida da nossa preferência) e tomar a qualquer altura do dia. 

 

Todos nós precisamos de carbohidratos para enfrentar o dia-a-dia e, quem pratica desporto, mais ainda. Quanto mais "limpa" for essa fonte de carbohidratos, melhor para nós. E a aveia tem todas essas características.