Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Qui | 26.11.15

5 refeições nutritivas (e low cost) para levar para o trabalho

José Guimarães
Levar comida para o trabalho ou não? Eis a eterna questão com que se debatem diariamente milhões de pessoas em todo o mundo. Por experiência própria é sabido que, na maioria dos casos, fica sempre mais barato (e mais saudável) se prepararmos o almoço em casa e o levarmos para o trabalho, mesmo que aquecido num microondas. Mas será que compensa o esforço? Antes de mais, como atletas precisamos de certos nutrientes que muitas vezes são deficitários nos constantes “almoços fora”. Um almoço saudável não tem de ser caro e consegue-se mesmo poupar dinheiro ao cozinharmos as nossas próprias refeições em casa e as levarmos para o trabalho. Para além disso, teremos muito mais variedade e possibilidade para criarmos refeições saudáveis e deliciosas, ao nosso gosto pessoal. Falta-vos imaginação? Talvez estas 5 ideias simples vos ajudem a começar:

Wrap de peru

Para além do sabor, esta refeição é bastante enxuta, fácil de fazer e cheia de valor nutritivo. O peru contém proteínas magras e completas (ideal para a formação e desenvolvimento musculares) e as cenouras são ricas em vitamina A, uma boa ajuda na prevenção do desenvolvimento de células cancerígenas. Se juntarem tomate e couve-roxa, vão ter uma refeição rica em antioxidantes, que desempenham um papel importante na desintoxicação do organismo. Como toque final, podem preencher o wrap com framboesas ou mirtilos. Preço estimado: 3 euros

Salada de salmão e vinagre

Esta é uma combinação perfeita entre proteínas, gorduras magras e fitonurientes embelezados com um molho levemente picante e mediterrânico, num prato que vai fazer os vossos colegas de trabalho roerem-se de inveja. Obtenham o ómega 3 - que ajuda na memória e na prevenção de doenças do coração - através do salmão. O pepino contém sílica, que faz bem à pele e os pimentos vermelhos que, para além de ricos em antioxidantes, são também uma boa fonte de fibra e ácido fólico. Preço estimado: 4,50 euros

Salada de cevada e feijão preto

O vosso estômago dá sinal de vida todos os dias por volta das 16h00? A conjugação de grãos integrais e proteínas nesta salada vai manter-vos cheios de energia o resto da tarde. Condimentem a cevada, que é um bom redutor dos níveis de colesterol, com sumo de limão, queijo e coentros. O feijão preto está cheio de proteínas e antioxidantes e os tomates contêm licopeno, o que se acredita combater o cancro. Por fim, podem adicionar uma mão cheia de flocos de pimentos vermelhos para dar um chuto no metabolismo. Preço estimado: 3,50 euros

Pasta mediterrânica de camarão

Dêem à vossa massa um ar saudável com esta refeição extremamente simples e rápida. As proteínas magras que necessitam estão nos camarões e os antioxidantes nos tomates. Condimentem com alcaparras, azeitonas e queijo feta para obter um sabor mediterrânico com menos de 500 calorias. Juntem uma dose saudável de alho, que é um bom preventor de doenças cardíacas e ajuda o sistema imunitário... mas lembrem-se de mastigar uma pastilha elástica no caso de terem uma reunião à tarde! Preço estimado: 4 euros

Sandes de frango e manga com molho agridoce

A caminho de casa, depois do trabalho, parem no supermercado e comprem alguns pedaços de frango grelhado para fazer esta sandes tropical. Para isso, conheçam os supermercados mais baratos da vossa zona, onde podem encontrar os ingredientes que pretendem aos melhores preços. Para além do sabor doce e suculento, a manga adiciona à mistura uma dose de ferro, importante na formação da hemoglobina, enquanto a cebola roxa pode reduzir os níveis de açúcar e colesterol no sangue. O molho agridoce confere um gosto especial à refeição sem acrescentar calorias indesejadas. Uma vez que esta sanduíche tem poucos vegetais, podem acompanhar com uma salada de legumes diversos rica em cálcio (para manter os ossos calcificados) e fibra (para regular o funcionamento do intestino). Preço estimado: 3,50 euros Estes são só alguns exemplos de receitas nutritivas (e não muito caras) que podem fazer em casa para levar para o trabalho. Comecem a praticar isto todos os dias e vão ver no final do mês alguns progressos no que toca à vossa carteira e - claro - ao vosso bem-estar físico.     Este artigo foi produzido pela equipa do ComparaJá.pt, a mais recente plataforma online de agregação e comparação de produtos financeiros em Portugal, como cartões de crédito e crédito pessoal.