Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

Sab | 12.04.14

5 dicas para não falharem os treinos matinais

José Guimarães
Sábado à noite. Não apetece ir para a cama. Mas amanhã é domingo e é aquele dia em que muitos de nós ou vamos para uma prova, ou escolhemos para passar mais umas horinhas a treinar. Há que ligar o botão da disciplina e ir para a cama cedo. Ou então já nos conhecemos o suficiente para saber que mesmo que a noite só seja de 5 ou 6 horas de sono, amanhã quando partirmos para uma corrida ou para um treino longo de bicicleta, o corpo vai responder como queremos. Seja como for, temos que estar motivados para levantar cedo e ir treinar, o que nem sempre é fácil. Sabe sempre melhor ficar na cama uma ou duas horas extra. E há uma boa razão para isso: controlado pelo nosso "relógio interno", o ritmo corporal e o nível hormonal estão a combater contra os nossos objetivos. Mas isso não quer dizer que devemos obedecer-lhe. Forcem-se a ir treinar e sentirão com certeza uma sensação de dever cumprido durante todo o dia. Aqui ficam algumas dicas para o conseguirem fazer com um bocadinho menos de esforço: Respeitem o ciclo do sono Se são daqueles que todas são consumidos por um desejo enorme de carregar no botão do "snooze" no despertador, em vez de lutarem contra isso, trabalhem com isso. O nosso sono trabalha de acordo com ciclos de 1h30 durante a noite, com períodos de sono profundo e outros de sono mais leve. Se estão a configurar o alarme para uma hora arbitrária, provavelmente poderão acordar a meio de um período de sono profundo. Usem uma aplicação inteligente para smartphone (Sleep Cycle ou Sleep Bot) para acordarem à hora mais indicada. Vejam a luz! Uma das coisas mais bonitas que existem no facto de nos levantarmos cedo é podermos ver o nascer do sol. O lado menos bom é que, para isso, temos que nos levantar ainda de noite. Alguns estudos demonstraram que a exposição a uma luz forte tem uma influência profunda no nosso relógio biológico e apesar de nada se comparar ao verdadeiro nascer do sol para acordarmos, podem em alternativa usar luzes especiais desenvolvidas para imitar a luz do nascer do sol, mesmo ali ao lado na mesa de cabeceira e assim ajudar-nos a ficar mais despertos quando acordamos (lumie.com). Preparem o kit A organização é a chave para quem gosta de treinar bem cedo. Preparem o kit na noite anterior, verifiquem as condições meteorológicas (windguru.com) para não terem surpresas com o equipamento necessário e estarão prontos. Se estiver frio, podem até colocar a roupa em cima de um aquecedor durante uns minutos, para quando a vestirem ficar bem mais confortável. Tenham o plano de treino preparado antes de saírem. Um objetivo de treino é uma boa ferramenta para levantar cedo e ir treinar. Comam, bebam e sejam felizes Uma das razões por que correr de manhã pode ser tão difícil pode estar ligada à falta de energia. Aqui é a disciplina que ditará as regras. Preparem algo rápido, leve e doce para comer antes de saírem à rua: uma banana madura, uma tosta com mel ou até um gel energético devem ser suficientes. Muitos corredores matinais também gostam de beber café, para a cafeína dar aquele toque extra que falta para ficarmos com os sentidos alertas! Comecem com calma Não há volta a dar ao facto que, se estão a correr logo cedinho pela manhã, a temperatura corporal e dos músculos está mais baixa que o normal. Portanto têm que se preparar adequadamente com um aquecimento mais longo que o normal. Se não têm muito tempo, podem começar a correr desde logo, mas num ritmo mais lento nos primeiros 10/20 minutos. Se têm tempo, experimentem um aquecimento dinâmico, com braços, pernas e articulções. Fonte: TriRadar