O joelho dói?

correr-desedentarioamaratonista-ojoelhodoi

Correr é daquelas coisas que… já sabemos como é… muitas vezes não fazemos o planeamento correto dos treinos e treinamos demais, ou não fazemos treinos complementares, como reforço muscular no ginásio, ou até podemos fazer isto tudo, mas a técnica pode não ser a ideal… e depois quem sofre é o corpo, muito em particular, os joelhos.

Têm ou tiveram dores nos joelhos? Ressentem-se com a mudança de tempo? Fazem uma caminhada em esforço? Ou sentem dor quando sobem uns simples degraus? Saibam que 3 em cada 10 portugueses têm problemas nas articulações e não sabem? Bom, provavelmente, já têm um problema na articulação do joelho e precisam de aconselhamento médico.

Para incentivar e sensibilizar a população portuguesa para a importância do diagnóstico precoce, a Liga Portuguesa Contra as Doenças Reumáticas (LPCDR), em parceria com a SANOFI, desenvolveu uma plataforma que pretende responder à generalidade das questões relacionadas com dores nos joelhos:

www.ojoelhodoi.pt

Nesta plataforma é possível analisar informação genérica sobre a dor nos joelhos, ajudar na identificação dos fatores de risco e/ou preparar uma visita ao médico.

A dor é um sinal de alarme, a única forma que o nosso corpo tem para nos dizer que algo está mal. Depois, compete-nos a nós tratar de saber a causa da dor e tratar o problema.

Na plataforma ojoelhodoi.pt é possível encontrar informação genérica sobre a dor no joelho (tipos de dor, sintomas comuns, doenças mais prevalentes e especialidades médicas associadas), bem como a rubrica “Pergunte ao Médico”, desenvolvida em parceria com profissionais médicos de referência, através da qual os utilizadores podem colocar dúvidas relacionadas com a dor no joelho. A plataforma dispõe, ainda, de uma área editorial – “Viver com Dor no Joelho” – onde são partilhados conteúdos relevantes sobre a temática, como estudos, artigos, dicas, receitas, exercícios, que promovam a prevenção e facilitem o dia-a-dia de quem vive com dor no joelho.

Share

Depois de longos anos sem praticar desporto, redescobri esta minha paixão pelo exercício físico em 2011 através da corrida. Na altura, quando treinava para conquistar a minha primeira maratona, criei o blog De Sedentário a Maratonista, para partilhar os meus progressos e dificuldades. Depois dessa meta atingida, descobri no trail running e nas ultra-maratonas uma paixão que nunca mais deixei e que ainda hoje me faz sonhar com novas e mais ousadas aventuras. Duas vezes "finisher" do UTMB - Ultra Trail du Mont Branc e com um Ironman na mira, esta é a minha forma de fazer chegar a mais pessoas o prazer que tenho por uma vida ativa e mais saudável, e de as motivar a, também elas, perseguirem os seus sonhos. Porque a motivação também se treina!

Seguir

Receba cada um dos artigos deste site no seu email, sempre que forem publicados.

Junte-se aos outros seguidores: