Pode-se interromper a corrida para andar?

caminhar-correr-desedentarioamaratonista

Eis uma grande notícia para todos atletas iniciados: podem melhorar a vossa forma física, reduzir o stress, perder peso e melhorar o vosso bem-estar geral! E podem consegui-lo se, no início da vossa vida como corredores, se habituarem a fazer pequenas caminhadas, logo no início do treino. É preferível assim, do que tentarem correr sem interrupções e, quando atingem a fadiga, então aí é que passam a caminhar.

O importante é percorrer a distância ou o tempo de treino a que se propõem, certo? Portanto, porque não fazê-lo a correr e a caminhar?

Um ou outro método são bastante equivalentes em termos físicos (correr não deixa de ser uma forma de andar rapidamente). Ao correr queimam mais calorias e conseguem melhores resultados. Mas os principiantes devem sobretudo aprender a caminhar, sempre que sentem que estão demasiado cansados. Desta forma conseguem arrefecer os músculos e baixar o ritmo cardíaco para níveis mais seguros.

O objetivo de tudo isto é encontrar a melhor forma de manter o ato de correr sustentável durante muito tempo, e não só durante umas semanas, como tão frequentemente acontece com aquelas resoluções de ano novo.

Posto isto, tornem a vossa rotina desafiante, mas também realista e exequível. Comecem desta forma, cumpram o treino a que se propuseram e voltem novamente no dia seguinte. Vamos a isso?

Se tiverem questões podem sempre deixá-las nos comentários mais abaixo, ou enviar um email para info@desedentarioamaratonista.com

Share

José Guimarães é profissional de Marketing Digital e, depois de longos anos sem praticar desporto, descobriu a paixão pela corrida em 2011. Na altura, quando treinava para conquistar a sua primeira maratona, decidiu criar o site De Sedentário a Maratonista, como forma de partilhar os sucessos e dificuldades que encontrava nesse percurso. Depois dessa meta atingida descobriu no Trail Running e nas ultra-maratonas uma paixão que nunca mais deixou e que ainda hoje o faz sonhar com novas e mais ousadas aventuras. Duas vezes "finisher" do UTMB - Ultra Trail du Mont Branc, pelo caminho criou também o grupo Corrida Noturna Parque das Nações, como forma de fazer chegar a mais pessoas o prazer que tem pela corrida e de as motivar a, também elas, perseguirem os seus sonhos. Porque a motivação também se treina!"

Seguir

Receba cada um dos artigos deste site no seu email, sempre que forem publicados.

Junte-se aos outros seguidores: