4 dicas para respirar corretamente na corrida

corredor sem fôlego

Já não é a primeira vez que aqui digo como é importante aprender a respirar corretamente enquanto se corre. É certo que o sucesso na corrida está dependente de muitas variáveis de treino. Mas aplicar algumas técnicas de respiração corretas pode também contribuir significativamente para corrermos melhor. Se conseguirmos inalar mais oxigénio, sem comprometer a nossa eficácia de corrida, teremos uma grande vantagem face a outros corredores que lutam por respirar corretamente.

Quando ficamos sem fôlego

É normal por vezes sentirmo-nos com falta de ar quando estamos a correr. O nosso corpo depende de oxigénio para trabalhar e os nossos músculos vão precisar de ainda mais oxigénio quando estiverem a praticar uma atividade física mais intensa. Quando estamos a correr, o nosso corpo tem que fornecer constantemente oxigénio aos músculos, para que estes possam ter energia e providenciar a força necessária para nos fazer correr. Assim, os nossos pulmões têm que conseguir absorver mais oxigénio do ar e é por esta razão que muitas vezes nos sentimos com falta de ar enquanto corremos.

Se quiserem testar os limites do vosso sistema cardio-respiratório enquanto correm, há um teste fácil que podem fazer e que se apelidou do “teste da conversa”:

Comecem por correr num ritmo que vos permite respirar facilmente. Neste ritmo deverão ser capazes de conversar confortavelmente com os vossos companheiros de corrida. Depois, tentem correr um pouco mais rápido e voltar à conversa. Quando não conseguirem manter uma conversa de forma fácil e confortável, isso provavelmente quererá dizer que estão a correr depressa demais.

Técnicas de corrida simples

Se forem capazes de respirar de forma adequada à vossa corrida, poderão melhorar a vossa resistência e correr distâncias maiores. As técnicas de respiração certas vão ajudar o vosso corpo a entregar oxigénio aos músculos de forma mais eficiente, o que vai fazer com que se sintam mais confortáveis a correr. Eis algumas dessas dicas:

1. Respirar pela boca

Em circunstâncias normais é natural que se respire pelo nariz. No entanto, quando estamos a correr, provavelmente todos usamos a boca para respirar. Se respirarem de forma confortável pela boca, conseguem inalar maiores quantidades de oxigénio, bem como libertar mais dióxido de carbono para fora dos pulmões. Esta é a melhor forma de inspirar quantidades suficientes de oxigénio para os nossos músculos.

2. Respiração abdominal… com a barriga, sim!

Quando estamos a correr não devemos respirar só com a caixa toráxica. Para introduzir mais oxigénio no nosso sistema, temos que aprender a respirar “com a barriga” ou, corretamente falando, aprender a fazer respiração abdominal. Podem deitar-se e experimentar respirar com a barriga quando estiverem em casa (inspirem e inchem barriga, expirem e vazem a barriga – usem uma mão em cima da barriga e outra no peito, em que a mão do peito não pode nem subir, nem descer) e depois aplicar a técnica durante a corrida.

3. Respiração curta e superficial

A melhor forma de respirar enquanto se corre é fazer respiração curta e superficial. Não vão conseguir correr muito longe se estiverem constantemente a respirar de forma profunda e prolongada. No entanto, se sentirem dificuldades a respirar enquanto sobem, por exemplo, uma encosta íngreme, algumas respirações longas podem ajudar a recuperar o ritmo respiratório.

4. Respirar com ritmo

É importante respirar ao mesmo ritmo que a vossa passada. Esta é uma das principais dificuldades que eu vejo nos iniciados que começam a dar os primeiros passos de corrida e, talvez, um dos mais importantes. Devem inspirar e expirar a um ritmo consistente, não importa se estão a correr rápido ou lentos. Uma forma de verificar se estão a respirar ao ritmo da corrida é contar os passos que dão enquanto correm e inspirar/expirar em cada 2 passos ou até mesmo 2 passos. Os mais experientes (ou em ritmos mais lentos) deverão conseguir inspirar em 4 passos e expirar nos outros 4 passos seguintes.

 

Fonte: FitDay

Share

José Guimarães é profissional de Marketing Digital e, depois de longos anos sem praticar desporto, descobriu a paixão pela corrida em 2011. Na altura, quando treinava para conquistar a sua primeira maratona, decidiu criar o site De Sedentário a Maratonista, como forma de partilhar os sucessos e dificuldades que encontrava nesse percurso. Depois dessa meta atingida descobriu no Trail Running e nas ultra-maratonas uma paixão que nunca mais deixou e que ainda hoje o faz sonhar com novas e mais ousadas aventuras. Duas vezes "finisher" do UTMB - Ultra Trail du Mont Branc, pelo caminho criou também o grupo Corrida Noturna Parque das Nações, como forma de fazer chegar a mais pessoas o prazer que tem pela corrida e de as motivar a, também elas, perseguirem os seus sonhos. Porque a motivação também se treina!"

Comentários

  1. […] início publiquei um post muito simples e outro um pouco mais elaborado sobre como respirar corretamente enquanto se corre. Hoje volto a tocar no assunto, pois ainda vejo […]

Seguir

Receba cada um dos artigos deste site no seu email, sempre que forem publicados.

Junte-se aos outros seguidores: