Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

De Sedentário a Maratonista

A motivação também se treina!

09.Jan.13

10 dicas para comer melhor no trabalho

  Regressar ao trabalho significa regressar ao local onde a passamos a maior parte do dia. Mesmo sendo uma rotina algo difícil de conciliar com os treinos, também nos mostra como os nossos hábitos no trabalho têm um impacto tremendo nos nossos objetivos, por exemplo, de controlo do peso. Claro que um dia de trabalho pode estar cheio de tentações, como a máquina dos cafés ou dos bolos. Mas o local de trabalho também pode ser um local de suporte a um estilo de vida saudável. Só precisamos de saber como dar a volta ao "sistema". Aqui ficam 10 formas para parar com os maus hábitos alimentares no local de trabalho. alimentacao-trabalho-escritorio-desedentarioamaratonista-snacks

1. Usar a estrutura horária diária para trabalhar com um programa alimentar correto

O facto mais interessante sobre estar a trabalhar com base num horário regular é que temos uma estrutura disponível ao longo do dia. Apesar de nunca sabermos qual é o próximo stress a surgir no horizonte, temos um maior controlo sobre os horários das reuniões, prazos a cumprir, etc. Desta forma, tal como faríamos para qualquer outro compromisso relacionado com o trabalho, temos que nos organizar relativamente à comida! Reservem algum tempo para comer regularmente pequenas refeições saudáveis e desfrutem do almoço se possível sem distrações. Contemplem um horário para refeições, tal como se se tratasse de algum outro compromisso importante na agenda.

2. Encontrar um aliado (ou 20)

Todos conhecemos a importância de termos um aliado nas nossas vidas sociais, portanto o mesmo se aplica no trabalho. Partilhem com os vossos colegas mais próximos os vossos objetivos físicos e alimentares e vejam se eles se querem juntar a vocês. Se tiverem uma boa relação com o vosso chefe, porque não partilhar mesmo com ele os vossos objetivos? Afinal de contas toda a gente gosta de trabalhar com colaboradores saudáveis e bem dispostos. E não se surpreendam se de repente toda a gente no vosso escritório começar a adotar os vossos hábitos mais saudáveis!

3. Preparar bem as refeições e os lanches

A preparação (e antecipação) é o segredo para se comer de forma saudável no trabalho. Embalem os alimentos nas embalagens mais adequadas a frutas, vegetais ou cereais. Provavelmente terão de se levantar mais cedo para preparar as embalagens (ou deixem-nas preparadas de véspera), mas quando começarem a ver que resulta comer melhor, nas quantidades certas e à hora certa, verão que compensa aquele tempo extra todos os dias.

4. Guardar um snack para emergências

Para os dias em que eventualmente se possam esquecer da refeição, ou verifiquem que afinal o almoço que prepararam não acalmou o apetite depois da piscina à hora do almoço, será sempre bom terem à mão (ou na gaveta do escritório) algum tipo de alimento que possa colmatar essa falha. Há algumas opções fáceis de guardar, como barras de proteína, porções de frutos secos, ou até mesmo sopas instantâneas. O melhor será sempre escolherem alimentos mais saudáveis, mas não tão saborosos que nos deixem a pensar neles o dia inteiro. Escolham alimentos que não possam ser vistos como guloseimas. Lembrem-se que o segredo está na preparação.

5. Praticar sempre o "Não, obrigado!"

Quase todos nós sabemos que aqui ou ali se escondem tentações, como nos biscoitos na gaveta do colega do lado. Tentações pouco saudáveis fazem parte do local de trabalho e parte da vida de todos nós. Se seguiram a dica nr. 2, provavelmente já pararam com algumas destas sabotagens ao plano. Mas seja como for, estejam sempre preparados para educadamente agradecer e dizer "Não, obrigado" de cada vez que vos oferecerem algo a mais para comer. Agradeçam à pessoa, partilhem o objetivo e reconheçam o vosso esforço.

6. Longe da vista, longe do coração

Alguns estudos mostram que é muito mais fácil evitar tentações alimentares no local de trabalho se de facto não as pudermos ver. Um estudo demonstrou que os trabalhadores de uma empresa comiam 70% mais biscoitos de um frasco transparente, contra os biscoitos que estavam num frasco opaco. Melhor ainda seria livrarem-se dos biscoitos de vez! Sigam este princípio com todos os alimentos menos saudáveis no trabalho. Fechem a tampa do frasco dos biscoitos e deixem os rebuçados só na sala de conferências.

7. Criar um calendário com lembretes para beber água

Uma dieta saudável não envolve somente comida. Sabiam que estar somente um pouco desidratado é o suficiente para nos sentirmos mais cansados e desatentos? A sede pode mesmo estar mascarada de fome, tornando mais difícil a nossa tarefa de nos mantermos fiéis ao plano de alimentação. Para evitar isto, estabeleçam lembretes regulares no calendário (até no do telemóvel) para, de 30 em 30 minutos beberem água. De cada vez que ouvirem o alarme, bebam alguns goles de água (um pequeno copo chega) e será o suficiente para se manterem corretamente hidratados.

8. Ter à mão uma lista de restaurantes com opções saudáveis

Já sabemos como é: trazemos o nosso almoço de casa, preparado e embalado, quando de repente os nossos colegas ou um cliente nos convidam para almoçar fora. Para estes momentos, tenham uma lista de restaurantes perto do vosso local de trabalho que tenham opções saudáveis na ementa. Assim, da próxima vez que forem surpreendidos com uma oferta de um almoço, podem até recomendar aquele restaurante que tanto gostam.

9. Tornar a máquina dos bolos uma zona proibida

Se realmente estão comprometidos com o vosso plano de treinos/dieta alimentar, então evitem a máquina dos bolos. Lembrem-se do trabalho que estão a ter ao preparar e embalar as vossas refeições saudáveis. Este passo é semelhante ao nr. 6 (Longe da vista, longe do coração), portanto, sempre que possível, evitem até passar pela máquina dos bolos. Evitem mesmo ter trocos à mão que facilitem o acesso às tentações. Outra ideia é criar um sistema de recompensas: dêm a vós próprios 1 euro por cada dia que conseguem evitar a máquina dos bolos (ou do café). Algumas semanas bastarão para juntar dinheiro suficiente para aquela recompensa, como um livro ou alguma outra coisa que gostem muito.

10. Ter espaço para algumas exceções....

Não faz no entanto sentido remover de vez todo o tipo de "junk food" ou de alimentos menos saudáveis. Quando sentirem que o momento é de expeção, ou após  algum evento especial ou como forma de recompensa por um treino ou prova bem sucedida, permitam-se a uma exceção. No entanto, mantenham as porções debaixo de olho. Aproveitem e saboreiem cada dentada, comam lentamente e gozem a experiência. Depois disso, voltem de novo aos hábitos saudáveis. E não caiam na armadilha de criar exceções a toda a hora, porque esses momentos especiais tendem a tornar-se mais frequentes (de repente parece que todos os dias alguém faz anos no escritório).

Conclusão

Mesmo que não sigam todas estas 10 dicas e sigam só algumas, uma coisa é certa: se trabalham num escritório e estão a tentar gerir o peso certo para a atividade que têm diariamente, então têm que assumir um compromisso, ser organizados e estar preparados para agir de acordo com as decisões que tomaram, alimentando-se de forma correta. E apesar de ao início poder ser mais difícil, não se surpreendam se depois de algum tempo mais pessoas à vossa volta estiverem a seguir o vosso exemplo. Ser saudável pode-se tornar contagioso, se os outros puderem apreciar a nossa dedicação, o nosso aumento de energia e, claro está, os bons resultados! Fonte: Spark People